terça-feira, 12 de julho de 2011

Depois de mais de 2 anos, fotos da gravidez...

Com o Google+ eu redescobri algumas fotos que eu tinha perdido em formatação de computador e já tinha até esquecido que tinha salvado no Picasa. Não fui daquelas grávidas que curtiram a gravidez, tiram várias fotos... Revi as fotos e pela primeira vez senti saudades e tive todos aqueles sentimentos gostosos que me falavam e eu não fazia ideia do que era. 
No dia do aniversário da minha vó, 22 de agosto fiz o exame de farmácia (positivo!) e corri para o laboratório que às 15h30 me deu o resultado também positivo. E agora?! Quando recebi o resultado passou um filme na minha cabeça... Pensei em todos os meus planos: viagem internacional, cursos, trabalhos, e sim, casar e ter filhos. Todos eles acabavam de ser modificados. Poderiam até acontecer, mas agora em outro formato, bem diferente do que eu havia pensado. No mesmo dia, comuniquei os principais envolvidos: o pai, minha mãe, meu pai, meu irmão e uma amiga. 

Eu tinha tomado a vacina contra a Rubéola e as coisas que li na internet não podiam transmitir outro sentimento que não fosse desespero. A única coisa que eu não li é que correria tudo bem com a gravidez e com o bebê. Com isso, fui em mais de 4 ginecologistas. Fiz diversas ecografias. E tive a notícia de que o bebê estava bem e eu não precisava me preocupar. Ele era apenas um pontinho preto e um coração que batia tão alto e tão rápido, que acelerou mais ainda o meu coração e eu já amava tanto, que nem conseguia explicar.

Ao longo da gravidez, achei que estar com o pai do meu filho seria o certo. Mas, realmente a relação já havia acabado e o melhor foi ficar cada um do seu lado. Achei que era melhor contar sobre a gravidez apenas após o 3° mês. Com isso, me afastei dos meus amigos e até da minha família, me isolei e ninguém sabia o que estava acontecendo. Não tive enjôo, nem desejo, mas tive muito sono. Mesmo que não regularmente, fiz exercício físico durante toda a gravidez. E, mesmo assim, enfrentei complicação com muito inchaço e com minha pressão, que ficou alta no final da gravidez (fato que não me possibilitou ter um parto normal).

Bom, se eu pudesse voltar atrás, faria diferente! 
Hoje, depois de quase 3 anos que engravidei, pela primeira vez tive vontade de compartilhar essas fotos... 

Início da gravidez
3 meses


4 meses

5 meses
6 meses

7 meses
Chá de bebê
8 meses


O primeiro olhar





A CERTEZA de que valeu a pena!

2 comentários:

  1. O resultado nao poderia ser outro né ...
    Filho de peixe, peixinho é ... rs
    Lindona... ;)

    ResponderExcluir