sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Pediatra

Hoje o Artur teve consulta com a pediatra. Está com 70cm e 7.630kg. Desde que nasceu, já cresceu 22cm. Estou orgulhosa! A pediatra falou que, de acordo com o crescimento dele, ele não vai ser baixinho!!! Uhuuuuuuuuuu! rs
Falei pra pediatra que estou querendo parar de amamentar. Ela me deu várias dicas para as comidinhas do Artur e que não posso tirar do peito de uma vez... Ir aos pouquinhos... E ele já pode comer quaaaase tudo. Das carnes, somente o peito de frango tá liberado. Me explicou como fazer a sopinha de legumes... rs
Saindo da consulta levei o Artur pra tomar a 3ª dose da Prevenar. Lá se foram mais R$250... E me falaram que a Tetra e a Prevenar são as vacinas que dão mais reação. Viram a perninha do Artur e falaram que é normal ter essa reação, mas que provavelmente foi alguma coisa errada na hora da aplicação, como o Artur ter ficado agitado e quem aplicou a vacina não conseguiu aplicar direitinho. O que eu já imaginava. E não pode fazer compressa... Agora tem que esperar melhorar. A pediatra passou uma pomadinha. 
No caminho pra casa o Artur dormiu e eu aproveitei pra fazer a sopinha de legumes (batata e beterraba, não tinha peito de frango). Ele acordou e eu ainda estava fazendo... Fiz rapidinho um suco de laranja lima e enganei ele com o suco. Ahhh não quer mais saber da mamadeira, agora só o copinho. hehehehe Depois ele comeu a papinha que eu fiz, se lambusou inteiro e eu aproveitei pra tirar fotos. rs Lindo demais! 

Eu dou risada, mas fico impressionada com a independência do Artur. Estou aqui escrevendo e ele se apoiou na minha cadeira e está em pé aqui, comendo minha blusa e puxando o fio do note... Jura que é gente, ne? rs

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Uma tarde de sol


Uma tarde de sol com a vovó na piscina.  

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Mais vacina!!

Na quinta-feira passada o Artur foi tomar as Vacinas novamente. Estava atrasado já quase 10 dias. Porque eu estava completamente sem tempo e sem cabeça pra lembrar de levá-lo no Posto de Saúde. Finalmente, o pai dele entendeu que eu não estava realmente podendo ir. E se prontificou de levar. Achei ótimo!
O Artur tomou a vacina por volta das 15h e encontrei com ele às 17h. O pai dele falou que a mulher que deu as vacinas avisou que era pra observar as reações durante 12h. Por que podia dar febre ou ficar inchado no local da vacina... O Artur suou bastante mas o tempo estava muuuuito quente e achei que era apenas por isso, até porque não era nada fora do normal.
Na sexta-feira, por volta das 12h eu percebi que a coxa direita estava inchada, beeeem dura na região onde ele havia tomado a vacina. Mas, eu estava na rua. Assim que cheguei em casa, fiz a compressa e não houve nenhuma mudança. Por volta das 14h30 o Artur apresentou febre e mediquei com Tylenol Baby (que o pai dele já tinha comprado, por recomendação da médica do Posto). Ele apagou! Dormiu até as 17h30...
De noite, como a febre tinha passado e a perninha continuava do mesmo jeito, liguei pro pai dele pra saber se tinha acontecido algo diferente na hora da vacina. O Artur poderia ter se movimentado demais e a médica não ter conseguido dar a vacina no lugar certo, sei lá.
Até então, todas as vezes eu que tinha levado o Artur para tomar as vacinas. E, eu que segurava ele pra médica aplicar. Inclusive relatei da dor no coração que eu sinto de ter que segurar meu filho da forma como elas recomendam... porque tem que segurar forte para que dê tudo certo.
Pois é... sabe o que eu tive que ouvir? Que eu não tinha cuidado do Artur direito. Porque eu não tinha feito compressa com frequência ao longo do dia. Aleguei que assim como ele estava trabalhando, eu também trabalhava. Não satisfeito, o pai dele falou: "Então você deveria ter mandado alguém ficar fazendo a compressa!".
Resumindo: Além de trabalhar, cuidar do Artur, arrumar a bolsa do Artur duas ou três vezes por dia (separando fralda, cueiro, roupinhas, babeiro, fralda de pano, meia, casaco, sapato, brinquedos,...), não posso esquecer de nada, tenho que comprar as frutas que o Artur come, fazer compras de supermercado pra casa, lembrar se não está faltando nada (como lenço umedecido), esterilizar os brinquedos e utensílios de alimentação, visitar creches, procurar babá, cortar as unhas, dar banho, trocar as fraldas, enfim. (Tenho certeza que você até cansou, só de ler. rs) Bom... apesar de tudo isso, eu não estou cuidando do Artur como deveria! 
Respirar fundo, contar até 10, 100, 1.000... e vamos em frente!!!  

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Novidades

O Artur já engatinha direitinho! Até a semana passada, ele parecia uma cobrinha engatinhando... rs 
Ele também aprendeu a fazer besourinho, e está molhando todo mundo com quem conversa. É um festival de brrrrrrrrrr e muuuita baba. hehehehehe
Mesmo eu abaixando o berço no máximo, ele deu um jeito e aprendeu a ficar em pé. Só que por enquanto não tem perigo... rs A cabecinha dele ainda está abaixo da grade. Ufaaaa
Ahhhhh mas qualquer coisa que ele vê pela frente, que possa apoiar, ele apoia e fica em pé. Então... vivo de olho pra ele não resolver se apoiar em nada que possa cair por cima dele, né?! rs É brinquedo, minha blusa, balanço, gaveta, armário, enfim. 
Agora ele não quer saber de ficar deitado de jeito nenhum. E, às vezes, sentado também não tem mais graça. A diversão agora é ficar em pé.
As noites continuam tristes. Durante o dia chove de colo pra ele e de noite, estou eu sozinha pra aguentar a manha. Os choros sem lágrimas. A vontade de ficar brincando no peito pra dormir. Bom, já se foram 6 meses e 20 dias sem dormir. Afffff! Não dou conta mais não. Essa noite ele resolveu dormir já era 1h, acordou às 4h, depois às 5h30 e novamente às 6h30.

E a nova brincadeira: arremessar tudo! Ele ADOOORA! Joga chupeta, brinquedo, fralda, ... tudo que tiver no alcance. E se alguém entrar na brincadeira e for buscar o que ele jogou, ai fica bem mais divertido. Mas, se quiserem brincar de tirar o que está na mão dele, ele faz bico e até solta uns gritinhos (assim a brincadeira não é tão legal... rs). 
Não sei se já comentei aqui... mas o Artur começou a comer frutinhas com 5 meses e meio. A princípio no meio da manhã, depois no meio da manhã e da tarde. Ele come super bem! Está aceitando tudo numa boa e o difícil é fazer ele parar de comer... hehehehe Mas, o mamão ele não está mais gostando. Tão pequenininho, mas já está cheio de personalidade. rs Não tem nada a ver comigo, né? hehehe =P
Na tentativa de conseguir que ele durma uma noite inteira, comecei a substituir a última mamada (21h30) por mingau, ele toma uma mamadeira de 250ml rapidinho. Mas, acorda a noite do mesmo jeito! E às vezes, mesmo tomando a mamadeira ou comendo uma sopinha, ele ainda fica pedindo o peito... rs Eu mereço! 
Essa semana comecei a introduzir o almoço. Logo, logo o Artur estará independente! Por um lado acho ótimo. Mas... dá um aperto no peito, deixar ele ir... Pensar que ele não vai mais depender de mim, que eu vou perder aquele chamego, aquele carinho gostoso, aquele momento único e que é só nosso. Porém, são coisas da vida! Meu filho tá crescendo... logo, logo será um rapaz! rs
Só pra encerrar... Hoje achei tão bonitinho! Deixei ele sozinho no berço depois do almoço e fui me arrumar para trabalhar. Ele ficou brincando lá sozinho, depois começou a choramingar e eu não dei atenção. E, de repente, ele calou. Quando eu fui ver, ele estava deitadinho, com a chupeta na mão, colocando e tirando a chupeta da boca. A coisa mais fofa!!!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Correria

Eu juro que tento atualizar com mais frequência, mas minha vida está uma loucura e eu mal tenho conseguido fazer o que preciso. 
Bom, voltei de Curitiba no dia 26/10, uma segunda-feira a tarde. Quando cheguei aqui, eu simplesmente precisava fazer compras pra casa (não tinha um pão), organizar as minhas coisas, organizar as coisas do Artur e o meu trabalho me esperava. rs Fui pro trabalho, achando que seria jogo rápido, mas eu mal cheguei e já começou o festival de coisas para resolver... Ah, esqueci de mencionar que minha mãe viajou. Então, eu tenho que ser eu, mas tenho que ser ela também. =P
 Então a semana foi bem corrida. E, era pra uma babá começar comigo na segunda mesmo, mas quem disse que ela apareceu? rs Me deixou na mão... Está bem difícil encontrar uma babá. Passei uma semana apertada e o Artur tadinho tendo que me acompanhar. Sábado a tarde ele ficou com o pai e eu tava louca pra dormir, mas aproveitei o momento pra me distrair um pouco. Liguei pra minha prima e fomos pra um bar jogar conversa fora. Me senti um peixe fora d'água. O pensamento que me vinha era: "Que mundo é esse?", "Onde estou?",... rs
Vocês não fazem idéia do que é ficar 6 meses sem viver uma experiência de tirar uma tarde pra você, sem ter que se preocupar com filho, ver gente, falar besteira... Coisas tão simples e banais, mas que quando a gente fica sem, tomam um significado monstruoso. E, eu tinha que aproveitar a minha primeira oportunidade de viver isso. rs  E não terminou por ai, ainda sai a noite e dormi fora. Mas, ai já estava com o Artur e na casa da minha prima, com berço, agasalho e tudo mais. 
Novembro eu já comecei bem assessorada. Minha tia me ouviu reclamar bastante da correria e ofereceu ajuda... Na verdade ela me socorreu, né? Ficou com o Artur as tardes. E de manhã, pedi ajuda pra Noélia (que trabalha lá em casa). O ruim é que atrapalho a vida das pessoas, né/? Minha tia não pode fazer as coisas dela a tarde e a Noélia não pode trabalhar direito. 
Hoje fui visitar uma Escolinha... E amanhã vou visitar mais umas duas ou três. Segunda-feira o Artur vai pra creche!!!! Socorro!!! Uma nova experiência... rs
Depois eu conto mais.